A edição de número 300 de Spawn será lançada em breve, conforme já noticiamos aqui, e será um marco para um personagem criado por um autor independente (ultrapassando a marca estabelecida por Cerebus, do criador canadense conterrâneo de Todd McFarlane, o colega Dave Sim).

Em entrevista para o site ComicBook.com, Todd McFarlane fala um pouco sobre como está sendo para ele voltar a desenhar uma edição inteira, a edição de número 301 e o quê os fãs vão poder conferir a partir desse número em diante, a respeito do futuro do personagem:

“Estou assumindo a edição 301, não necessariamente voltando a desenhar as próximas 30 edições. Desenhar somente o número 301 fazia parte do planejamento? Absolutamente. Pra mim, na minha cabeça, sabia que desenhar uma única edição, já seria um recorde a ser batido. Talvez estou muito próximo disso e emocionalmente ligado a este marco, mas ‘301’ tem mais significância pra mim do que ‘300’. Chegar em 300 edições é um grande número para uma história em quadrinho, mas pra mim chegar em 301 é um momento de dizer ‘Eu ainda continuo no controle e dirigindo este carro. Eu continuo aqui.’, e vou mais adiante, ‘Quem poderia ser perfeito pra fazer a 301?’ Especialmente agora quando você tem todos prestando atenção nisso. Digo pra mim ‘Só tem um cara’, portanto eu tive que ter esta conversa e respondi a mim mesmo ‘Todd, entre em ação, pois é hora de fazer isso acontecer’.”

Lembrando que há pelo menos duas outras HQs da Image Comics que poderão chegar – e talvez ultrapassar – a marca de 300 edições. Estamos falando de Savage Dragon, que está chegando na casa de 250 edições lançadas (criação de Erik Larsen), e The Walking Dead que está chegando em 200 edições lançadas (criação de Robert Kirkman).

<Atualização 02-07-2019>Ao contrário do que muitos achavam, a edição número 193 será a última história de The Walking Dead, conforme divulgado pelo próprio Kirkman aqui. </Fim da Atualização>

Lista das últimas revistas de Savage Dragon (Erik Larsen), se aproximando do número 250.
Lista das últimas revistas de The Walking Dead (Robert Kirkman), se aproximando do número 200. PORÉM, contrariando e espantando todo mundo – pegou todo mundo de surpresa – a edição 193 será a última história da revista.

McFarlane disse na entrevista (dada ao site Comic Book por telefone) que já recebeu uma mensagem de texto de Kirkman com uma provocaçãozinha: “É melhor não se atrasar, Todd. Por que senão poderá ficar assim” e aí acompanhava uma foto de uma página bem desenhada e outra mal desenhada (feita as pressas para cumprir prazos) feita por Todd.

Só lembrando que esta não foi a primeira vez que Kirkman provoca o McFarlane. Em uma convenção de quadrinhos (ComicCon), antes mesmo dele entrar pra Image Comics, ele se levantou no meio da galera e questionou o próprio Todd dizendo “É melhor você voltar a desenhar e escrever seu próprio gibi ao invés de ficar apenas brincando com seus bonequinhos”. Ok, pode não ter sido com estas palavras, mas foi algo assim.

Capa da edição número 301 desenhada por Francesco Mattina.

Continuando a entrevista, Todd McFarlane – que faz a arte final na edição 300 em cima dos desenhos do amigo Greg Capullo – diz que deixará um gancho ao final da edição que fará os fãs quererem comprar a próxima edição, desenhada por ele:

“Uma das coisas, quando fiz a reunião com os revendedores de lojas de comic book [ele está se referindo a este momento], que eu não consegui dizer foi que existiria um gancho suspense no final da história do número 300 que levaria direto para a edição 301. Basicamente, quem termina de ler a 300, e eu tenho que assumir, se você for um geek vai querer saber como termina a história. Então vai precisar ir correndo ler a 301, na qual pra mim é o recorde a ser batido, e entender o que é o final dessa história… Meio difícil pra mim entender se alguém chegar no final e pensar ‘Não, eu tô de boa com esse gancho suspense no final da história… Não preciso saber o que vai acontecer a seguir.’ É isso então, pra mim a 300 e 301 foram concebidas juntas, artisticamente – digo no sentido da história – são uma coisa só, uma culmina na outra. Não queria que fossem lidas separadamente, e sim queria que fossem um tipo de complemento anexo uma da outra.”

Encerrado esta questão do gancho suspense (termo para cliffhanger) entre as edições, após isso, a edição de número 301 terá um salto no tempo, como explica o próprio McFarlane na entrevista, levando o personagem a um novo status quo:

“Quando eu digo que a história termina na edição 300, isso não engloba a questão toda. O que vamos fazer é colocar um espaço de tempo e, de repente, avançaremos no tempo e avançaremos até então vermos sua nova missão. Vamos ver alguns novos personagens, vamos ver qual é a causa e o efeito dessa história, e que tipo de efeito dominó será causado e quais peças irão se recair para as próximas 20, 30 edições à frente.”

Capa desenhada por Todd McFarlane para a edição número 301.

Em seguida McFarlane comenta na entrevista sobre o novo visual e os novos poderes que Spawn vai adquirir:

“Sim, vai existir um novo visual, mas não vou querer me afastar da aparência que as pessoas já estão acostumadas a ver. Vão existir algumas modificações… No final do número 300, já vai existir uma tremenda mudança visual, mas vai servir apenas para mostrar os novos poderes que ele está adquirindo, não que este novo visual ficará por aí meses e meses a seguir.”

Ao que indica, este novo visual estará ligado diretamente aos novos poderes do Spawn, e que não necessariamente será algo permanente, mas provisório, e que estes novos poderes poderá funcionar em qualquer aparência que Spawn assumir. McFarlane continua explicando mais detalhes sobre isso:

“Estes novos poderes vai funcionar com qualquer que seja o traje que [Spawn] estiver vestindo. Eu também gostaria de entregar uma história que, para aqueles que estão prestando atenção, vai mostrar o que eu chamaria de aparência clássica do Spawn, remetendo ao traje do número um. Existirá então o primeiro dia desse visual moderno, na qual será um pouco mais ‘deformado’ e talvez um pouco mais ‘sórdido’, na qual vai começar a aparecer no final deste arco, e que vai continuar a se transformar em coisas como aqueles dentes e na capa… Depois temos o jeito do Greg [Capullo] e no final eu vou mostra outras aparências bem loucas, na qual espero que as pessoas gostem.”

Visual do Spawn com a famigerada “boca” aparecendo, desenhado por Greg Capullo.
Mais um visual do Spawn com a “boca” aberta,
desenhado por Greg Capullo.
Assim como também teremos o Spawn sem a “boca” aberta, desenhada por Greg Capullo.
Visual clássico do Spawn desenhado por Greg Capullo!

McFarlane dá a entender que a aparência do Spawn assumirá um visual diferente conforme a necessidade da história. Ele encerra dizendo:

“O personagem usará, dependendo dos elementos da história, um visual que ficará mais apropriado as circunstâncias. Posso escrever histórias que terá aquela aparência mais clássica [mostrado desde o número 1], ou então com o novo visual [mostrado a partir do número 32], e/ou com o visual mais moderno [mostrado a partir do número 151, reinventado a partir do número 251 e daqui pra frente a partir do número 301]. Estas podem ser três histórias diferentes feitas por três artistas diferentes, se assim eles quiserem fazerem um arco de história desta maneira, ou algo do tipo. Desse jeito, na verdade, eu posso chegar pro artista e dizer ‘Ei, qual dessas aparências você prefere? Humm, tá certo, isso significa que a história vai precisar desses componentes para que ele se apresente com este visual’. Claro que não estou aqui para reinventar nada dramaticamente, mas eventualmente veremos uns visuais fantásticos que serão adicionados ao repertório do Spawn.”


Veja a evolução do traje do Spawn durante as décadas. Leia artigo completo aqui.

Para relembrarmos todas as fases do personagem, todas as mudanças de aparência e todos os diferentes visuais que ele já teve durante as décadas, preparamos uma matéria especial somente sobre isso! Confira agora mesmo clicando aqui.

Agora é aguardar sair as edições 300 e 301, na qual também possui colaboração, do já citado, Greg Capullo, Jason Shawn Alexander, Clayton Crain, e Jerome Opena.

Fiquem sempre ligados em nossas redes sociais (Facebook, Instagram, WhatsApp e YouTube) para futuras novidades e atualizações!

Até a próxima, soldados do 8º Círculo!

Referências:

https://comicbook.com/comics/2019/06/18/spawn-301-todd-mcfarlane-writing-drawing-art-interview/
https://comicbook.com/comics/2019/06/19/todd-mcfarlane-teases-new-look-for-spawn/
https://comicbook.com/comics/2019/06/19/spawn-to-get-new-powers-after-300-mcfarlane-says/

Deixe o seu comentário