É Oficial: Spawn voltará a ser publicado no Brasil!

0
3653

Os fãs do Soldado do Inferno já podem comemorar: finalmente temos a confirmação de que as aventuras de Spawn voltarão a ser publicadas no Brasil através da editora New Order. A notícia foi divulgada hoje em uma transmissão ao vivo na fanpage do Spawn Brasil a qual o editor Anésio Vargas em conjunto com Leandro “Leo Violador” Cruz, administrador da comunidade do mesmo nome, falaram um pouco sobre o lançamento e os planos para o futuro.

As informações de que a New Order detinha os direitos de Spawn já eram antigas. Em 2017 houve uma confirmação de que a editora iria publicar as histórias do personagem de Todd McFarlane mas por problemas contratuais nenhum material saiu. No ano seguinte o problema persistiu, porém em dezembro, em conversa com os fãs no fórum do Reddit (o qual o Spawn Brasil participou e pode ser visto aqui), o próprio Todd confirmou que o título estaria voltando para o Brasil em breve. Assim suspeitas caíram mais uma vez sobre a editora e que agora se concretizaram.

A New Order é uma editora fluminense fundada em 2013 pelos sócios Anésio Vargas e Alexandre Seba e inicialmente seu foco era a publicação de  jogos de RPG, porém eles também já lançaram materiais em HQs. A editora publicou dois encadernados do Arquivo X, que foi lançado originalmente em série mensal pela editora IDW em junho de 2013 com o nome The X-Files: Season 10 e dava sequência ao seriado televisivo. Além de Spawn, a editora também promete trazer mais novidades em HQs para o público brasileiro.

Encadernado americano de Spawn: Resurrection

Sobre Spawn, o primeiro encadernado será Spawn: Ressurreição que seguirá os mesmos moldes do volume original, contendo as edições #251 a #255 além do especial Spawn: Resurrection e narra o retorno de Al Simmons à Terra após seu desaparecimento no início da saga Endgame, inédita no Brasil. A ideia de lançar o encadernado a partir desta edição é estratégica já que, além de se aproximar da numeração americana, que completará 300 edições este ano e será um grande evento para o personagem, será um bom ponto de partida para quem está começando a ler as histórias do Soldado do Inferno agora já que é tratado como um reinício da saga e não precisa necessariamente ler os volumes anteriores. Sobre as sagas Endgame e toda a fase do hellspawn Jim Downing o editor disse que será lançada futuramente em forma de encadernados. Também haverá um estudo entre os leitores para saber quais os próximos materiais que poderão vir a ser publicados. A pré-venda já foi aberta e quem encomendar ganhará de brinde um pôster com uma arte de Todd McFarlane exclusiva para o Brasil para comemorar o retorno de Spawn. Para reservar a edição basta clicar aqui.

Spawn teve uma passagem um pouco conturbada no Brasil. Publicado inicialmente pela editora Abril em março de 1996 foi um sucesso absoluto entre todos os títulos da Image, superando até mesmo várias revistas da Marvel e DC. Com o sucesso, a editora paulista lançou mini-séries, especiais e um segundo título chamado A Maldição do Spawn, versão nacional de Curse of the Spawn, qua trazia histórias de personagens secundários, porém durou apenas 12 edições. Em dezembro de 2005 a revista chegou ao fim na edição 150 sem que nenhuma explicação fosse dada.

Não tardou muito para que o Soldado do Inferno pudesse voltar a ser publicado nas bancas brasileiras: em abril de 2006 a Pixel Media, subsidiária do grupo Ediouro, trouxe o título de volta publicando a edição 151 e assim dando continuidade de onde a Abril tinha parado. Foram 28 edições lançadas até novembro de 2008, quando houve uma reformulação interna e mudanças no seu foco editorial. Além do título mensal a editora também publicou dois encadernados da série Origem e o primeiro volume da série Spawn: Godslayer.

Com o fim de Spawn pela Pixel Media surgiu na comunidade Spawn Brasil (na época situada no Orkut) o movimento conhecido como Manifesto Spawn o qual os fãs fizeram um abaixo-assinado que foi enviado para várias editoras brasileiras e assim poder sensibilizá-las em publicar novamente o título. Foi quando a editora HQ Maniacs (HQM) comprou a ideia e, em agosto de 2012, publicou seu único encadernado chamado Herança Maldita que compreendia as edições 179 a 184, continuando de onde a Pixel Media parou. Porém, por problemas internos, a editora não pôde dar prosseguimento e, basicamente, fechou as portas. Hoje ela se transformou em uma simples loja online de HQs.

Apoio do próprio Todd McFarlane para o retorno de Spawn ao Brasil

Foi então que a ideia de um novo Manifesto Spawn surgiu, o qual se intensificou em 2018 quando a hashtag #SpawnBrasil e #VoltaSpawn começou a se espalhar pelas redes sociais até chegar à página do próprio Todd McFarlane, que se comprometeu em ajudar os fãs em trazer o personagem para o público brasileiro e concluindo a parceria com a New Order. O momento também é oportuno já que há a esperança de que este ano o novo filme do Spawn, estrelado por Jamie Foxx, seja lançado.

Nós do Spawn Brasil damos boas-vindas à nova editora e que ela possa ter um grande sucesso com o título, saciando a sede dos fãs que hoje estão órfãos do personagem que há muito tempo não tinha uma versão nacional e desejamos boa sorte nesta caminhada pois esperamos que o título seja duradouro, sempre respeitando os leitores pois são os maiores heróis por conseguirem se unir para trazer Spawn de volta ao nosso país. Vida longa ao Spawn!

 

Deixe o seu comentário